Publicado

2019-11-01

Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil

Difficulties of seniors in accession to chronic medicinal therapies; Basic Health Unit; Congonhas; Brazil

Dificultades de ancianos en la adhesión a terapias medicamentosas crónicas; Unidad Básica de Salud; Congonhas; Brasil

Palabras clave:

assistência farmacêutica, uso de medicamentos, serviços de saúde para idosos (pt)
servicios farmacêuticos, utilización de medicamentos, servicios de salud para ancianos (es)
pharmaceutical services, drug utilization, health services for the aged (en)

Autores/as

  • Rafaela Vieira Silva Inácio Rafa Faculdade Santa Rita (FASAR)
  • Nívea Cristina Vieira Neves Universidade Federal de Ouro Preto
  • Juliana Cristina dos Santos Almeida Universidade Federal de Ouro Preto - Escola de Farmácia, Laboratório de Fitoquímica e Fitotecnologia
  • Tatiane Roquete Amparo Universidade Federal de Ouro Preto
  • Melissa Maia Bittencourt Universidade Federal de Ouro Preto
  • Rosana Gonçalves Rodrigues-das-Dôres Universidade Federal de Ouro Preto

Objetivo Identificar problemas farmacoterapêuticos relacionados à não adesão em terapia crônica medicamentosa, em uma Unidade Básica de Saúde do município de Congonhas, Minas Gerais, Brasil. Além disso, propor intervenções que minimizem as práticas incorretas e aumentem a adesão ao tratamento.

Método Pesquisa de campo quantitativa realizada por meio de coleta de dados nos prontuários médicos e entrevista direta com 100 idosos entre 60 e 70 anos.

Resultados Detectou-se maiores dificuldades apresentadas pelos idosos ao tomarem seus medicamentos, identificando uma baixa adesão ao tratamento quando comparado com estudos anteriores. Medidas interventivas com atuação multiprofissional foram propostas a fim de aumentar a adesão do paciente ao tratamento, de maneira simples e eficaz, como revisão das formas farmacêuticas, embalagens e rótulos e elaboração de planilhas de acordo com limitações dos idosos.

Conclusão A atenção farmacêutica é uma atividade importante e essencial para garantia da segurança e melhor adesão do paciente na administração dos medicamentos, visando evitar os possíveis danos e erros decorrentes da falta de orientação.

Objective To identify pharmacotherapeutic problems related to noncompliance in chronic drug therapy in a Basic Health Unit in the city of Congonhas, Minas Gerais, Brazil. In addition, propose interventions that minimize incorrect practices and increase adherence to treatment.

Method Quantitative field research performed through data collection in medical records and direct interview with 100 elderly individuals between 60 and 70 years.

Results Elderly patients presented greater difficulties when taking their medication, identifying a low treatment adherence when compared to previous studies. Intervention measures with a multiprofessional approach were proposed in order to increase patients' adherence to treatment, in a simple and efficient manner, such as review of pharmaceutical forms, packaging and labels and elaboration of spreadsheets according to the limitations of the elderly.

Conclusion Pharmaceutical care is an important and essential activity to guarantee the safety and better adherence of the patient in the administration of medicines, in order to avoid possible damages and errors due to lack of orientation.

Objetivo Identificar problemas farmacoterapéuticos relacionados con la no adhesión en terapia crónica medicamentosa, en una Unidad Básica de Salud del municipio de Congonhas, Minas Gerais, Brasil. Además, proponer intervenciones que minimicen las prácticas incorrectas y aumenten la adhesión al tratamiento.

Método Investigación de campo cuantitativa realizada por medio de recolección de datos en los prontuarios médicos y entrevista directa con 100 ancianos entre 60 y 70 años.

Resultados Se detectaron mayores dificultades presentadas por los ancianos al tomar sus medicamentos, identificando una baja adhesión al tratamiento cuando comparado con estudios anteriores. Las medidas intervencionales con actuación multiprofesional fueron propuestas para aumentar la adhesión del paciente al tratamiento, de manera simple y eficaz, como revisión de las formas farmacéuticas, embalajes y etiquetas y elaboración de planillas de acuerdo con limitaciones de los ancianos.

Conclusión La atención farmacéutica es una actividad importante y esencial para garantizar la seguridad y mejor adhesión del paciente en la administración de los medicamentos, con el fin de evitar los posibles daños y errores derivados de la falta de orientación.

Referencias

Novaes MRCG, Oliveira M. Atenção Farmacêutica e a promoção do uso racional de medicamentos em idoso. In: Oliveira M. Assistência farmacêutica ao Idoso: uma abordagem multiprofissional. Brasília: Thesaurus; 2007; p. 155-163.

Veras R. Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Rev. Saúde Pública. 2009; 43(3):548-54. https://doi.org/10.1590/S0034-89102009005000025.

Siqueira RL, Botelho MIV, Coelho, FMG. A velhice: algumas considerações teóricas e conceituais. Ciênc. saúde coletiva. 2002; 7(4):899- 906. https://doi.org/10.1590/S1413-81232002000400021.

Küchermann BA. Envelhecimento populacional, cuidado e cidadania: velhos dilemas e novos desafios. Soc. estado. 2012; 27(1):165-180. https://doi.org/10.1590/S0102-69922012000100010.

Bisson MP, Novais, MRCG. Princípios da Farmacoterapia em Geriatria. In: Novaes, MRCG. Assistência farmacêutica ao Idoso: uma abordagem multiprofissional. Brasília: Thesaurus; 2007; p. 179-91.

Morisky DE, Green LW, Levine DM. Concurrent and predictive validity of a self-reported measure of medication adherence. Med Care. 1986; 24(1):67-74. https://doi.org/10.1097/00005650-198601000-00007.

Cipolle RJ, Strand LM, Morley PC. Pharmaceutical care practice: the clinician's guide. New York: McGraw-Hill; 2004.

Stamm AMNF, Osellame R, Duarte F, Cecato F, Medeiros LA, Maras- ciulo AC. Perfil socioeconômico dos pacientes atendidos no Ambulatório de Medicina Interna do Hospital Universitário da UFSC. Arquivos Catarinenses de Medicina [Internet]. 2002 [cited 2018 Dec 8]; 31(1- 2):17-24. https://bityl.co/CJfi.

Drummond A, Alves ED. Perfil socioeconômico e demográfico e a capacidade funcional de idosos atendidos pela Estratégia Saúde da Família de Paranoá, Distrito Federal. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. 2013; 16(4):727-38. https://doi.org/10.1590/S1809-98232013000400007.

Modeneze DM, Maciel ES, Júnior GBV, Sonati JG, Vilarta R. Perfil epidemiológico e socioeconômico de idosos ativos: qualidade de vida associada com renda, escolaridade e morbidades. Estud. interdiscipl. Envelhec. 2013; 18(2):387-99. https://doi.org/10.22456/2316-2171.35868.

Araújo ALA, Pereira LRL, Ueta JM, Freitas O. Perfil da assistência farmacêutica na atenção primária do Sistema Único de Saúde. Ciência e Saúde Coletiva. 2008; 13:611-17. https://doi.org/10.1590/S1413-81232008000700010.

Carvalho ALM, ALeopoldino AWD, Silva JEG, Cunha CP. Adesão ao tratamento medicamentoso em usuários cadastrados no Programa Hiperdia no município de Teresina (PI). Ciência & Saúde Coletiva. 2012; 17(7):1885-92. https://doi.org/10.1590/S1413-81232012000700028.

Silva AS, Lyra DP, Muccini T, Neto PGSG, Santana DP. Avaliação do serviço de atenção farmacêutica na otimização dos resultados terapêuticos de usuários com hipertensão arterial sistêmica: um estudo piloto. Rev. Brasileira de Farmácia. 2008; 89(3):255-8. https://bityl.co/CJft.

Silva DVR, Evangelista WD, Mota HF, Mota BCF, Royo VA. Automedicação e atenção farmacêutica sobre analgésicos em drogaria de Montes Claros – MG. Revista Multitexto [Internet]. 2013 [cited 2018 Dec 8];2(1):45-9. https://bityl.co/CJfv.

Sociedade Brasileira de Cardiologia. VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial. Arq. Bras. Cardiol. 2010; 95(1 supl. 1):1-51. https://bityl.co/CJfx.

Manzini, F. Uso racional de medicamentos. In: Manzini, F. O farmacêutico na assistência farmacêutica do SUS: diretrizes para ação. Brasília–DF: Conselho Federal de Farmácia: Qualytá gráfica e Editora: 2015; p. 33-43.

Fitzgerald, J. Prefácio. In: Novaes, MRCG. Assistência farmacêutica ao Idoso: uma abordagem multiprofissional. Brasília: Thesaurus; 2007.

Karnikowski, MGO, Novaes, MRCG. A medicalização e o idoso. In: Novaes, MRCG. Assistência farmacêutica ao Idoso: uma abordagem multiprofissional. Brasília: Thesaurus; 2007; p. 167- 174.

Nobrega OT, Karnikowski MGO. A terapia medicamentosa no idoso: cuidados na medicação. Ciência e saúde coletiva. 2005; 10(2):309-13. https://doi.org/10.1590/S141381232005000200008.

Cómo citar

APA

Rafa, R. V. S. I., Vieira Neves, N. C., Santos Almeida, J. C. dos, Roquete Amparo, T., Bittencourt, M. M., & Rodrigues-das-Dôres, R. G. (2019). Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil. Revista de Salud Pública, 21(6), 628–633. Recuperado a partir de https://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpublica/article/view/80240

ACM

[1]
Rafa, R.V.S.I., Vieira Neves, N.C., Santos Almeida, J.C. dos, Roquete Amparo, T., Bittencourt, M.M. y Rodrigues-das-Dôres, R.G. 2019. Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil. Revista de Salud Pública. 21, 6 (nov. 2019), 628–633.

ACS

(1)
Rafa, R. V. S. I.; Vieira Neves, N. C.; Santos Almeida, J. C. dos; Roquete Amparo, T.; Bittencourt, M. M.; Rodrigues-das-Dôres, R. G. Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil. Rev. salud pública 2019, 21, 628-633.

ABNT

RAFA, R. V. S. I.; VIEIRA NEVES, N. C.; SANTOS ALMEIDA, J. C. dos; ROQUETE AMPARO, T.; BITTENCOURT, M. M.; RODRIGUES-DAS-DÔRES, R. G. Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil. Revista de Salud Pública, [S. l.], v. 21, n. 6, p. 628–633, 2019. Disponível em: https://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpublica/article/view/80240. Acesso em: 4 jul. 2022.

Chicago

Rafa, Rafaela Vieira Silva Inácio, Nívea Cristina Vieira Neves, Juliana Cristina dos Santos Almeida, Tatiane Roquete Amparo, Melissa Maia Bittencourt, y Rosana Gonçalves Rodrigues-das-Dôres. 2019. «Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil». Revista De Salud Pública 21 (6):628-33. https://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpublica/article/view/80240.

Harvard

Rafa, R. V. S. I., Vieira Neves, N. C., Santos Almeida, J. C. dos, Roquete Amparo, T., Bittencourt, M. M. y Rodrigues-das-Dôres, R. G. (2019) «Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil», Revista de Salud Pública, 21(6), pp. 628–633. Disponible en: https://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpublica/article/view/80240 (Accedido: 4julio2022).

IEEE

[1]
R. V. S. I. Rafa, N. C. Vieira Neves, J. C. dos Santos Almeida, T. Roquete Amparo, M. M. Bittencourt, y R. G. Rodrigues-das-Dôres, «Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil», Rev. salud pública, vol. 21, n.º 6, pp. 628–633, nov. 2019.

MLA

Rafa, R. V. S. I., N. C. Vieira Neves, J. C. dos Santos Almeida, T. Roquete Amparo, M. M. Bittencourt, y R. G. Rodrigues-das-Dôres. «Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil». Revista de Salud Pública, vol. 21, n.º 6, noviembre de 2019, pp. 628-33, https://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpublica/article/view/80240.

Turabian

Rafa, Rafaela Vieira Silva Inácio, Nívea Cristina Vieira Neves, Juliana Cristina dos Santos Almeida, Tatiane Roquete Amparo, Melissa Maia Bittencourt, y Rosana Gonçalves Rodrigues-das-Dôres. «Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil». Revista de Salud Pública 21, no. 6 (noviembre 1, 2019): 628–633. Accedido julio 4, 2022. https://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpublica/article/view/80240.

Vancouver

1.
Rafa RVSI, Vieira Neves NC, Santos Almeida JC dos, Roquete Amparo T, Bittencourt MM, Rodrigues-das-Dôres RG. Dificuldades de idosos na adesão a terapias medicamentosas crônicas; Unidade Básica de Saúde; Congonhas; Brasil. Rev. salud pública [Internet]. 1 de noviembre de 2019 [citado 4 de julio de 2022];21(6):628-33. Disponible en: https://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpublica/article/view/80240

Descargar cita

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Visitas a la página del resumen del artículo

4