Publicado

2009-10-01

Avaliação da composição físico-química de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru P.)

Evaluation of the physical-chemical composition of the fruits of Mandacaru

Palabras clave:

Cereus jamacaru P., qualidade, ácido ascórbico, pós-colheita, quality, ascorbic acid, postharvest (es)
Cereus jamacaru P., quality, ascorbic acid, postharvest. (en)

Autores/as

  • Leirson Rodrigues da Silva Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Mossoró-RN
  • Ricardo Elesbão Alves Pesquisador Embrapa Agroindústria Tropical, Fortaleza- CE
O mandacaru (Cereus jamacaru P.) é uma espécie nativa da vegetação da caatinga, onde seus frutos podem constituir uma agradável fonte de alimento, embora ainda não sejam explorados comercialmente. O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar as características físico-químicas da polpa e da casca dos frutos de mandacaru oriundos do vale do Curu-CE, Nordeste do Brasil. Os frutos foram colhidos e conduzidos às condições de laboratório da Embrapa Agroindústria Tropical, onde para as análises foram selecionados cerca de 2 kg da matéria-prima, sendo os frutos escolhidos aqueles maduros e firmes. Depois foram lavados, sanitizados e submetidos a armazenamento sob refrigeração para as análises posteriores. Os frutos foram caracterizados quanto ao pH, sólidos solúveis (SS), ácido ascórbico e açúcares redutores totais. O delineamento foi inteiramente casualizado, com quatro repetições. A casca do fruto apresentou valor de pH de 4.42, superior ao da polpa que foi de 4.40. Os teores de ácido ascórbico para a polpa foram de 100 mg/100 g de polpa e casca de 80 mg/100 g de polpa. Para os teores de SS, constata-se diferença significativa entre os valores da polpa e da casca, com 11% e 5%, respectivamente. Portanto, a polpa do fruto apresentou maior porcentagem de açúcar de 5.76, em comparação àquela encontrada na casca de 1.53.
‘Mandacaru’ (Cereus jamacaru P.) is a native species from the vegetation of the Brazilian North East “Caatinga”, and its fruits could become an important nutritional source for the population of semiarid regions, although it is still not commercially exploited. This work was carried out to evaluate the physical and chemical characteristics of the pulp and peel of ‘mandacaru’ fruit from the Curu Valley, Ceara State, Brazilian North East. ‘Mandacaru’ fruits were harvested and transported to the Embrapa Tropical Agroindustry Laboratory, where approximately 2 Kg of mature and firm fruits were selected for evaluation. These fruits were washed, sanitized and placed under cold storage for future analysis. The fruit pulp and peel were evaluated for: pH, soluble solids (SS), ascorbic acid and total reducing sugars. The experiment was carried out in a completely randomized design, with four replicates. The peel of ‘Mandacaru’ fruit presented pH 4.42, being higher than pulp at pH 4.40. Ascorbic acid content was 100 mg/100g -1 in the pulp, and 80 mg/100g -1 in the peel. A significant difference in SS was detected between pulp and peel, which were 11% and 5%, respectively. On the other hand, fruit pulp presented higher percentage of reducing sugars of 5.76%, as compared to that found in the peel of 1.53%.

Cómo citar

APA

Rodrigues da Silva, L., & Elesbão Alves, R. (2009). Avaliação da composição físico-química de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru P.). Acta Agronómica, 58(4), 245–250. Recuperado a partir de https://revistas.unal.edu.co/index.php/acta_agronomica/article/view/12452

ACM

[1]
Rodrigues da Silva, L. y Elesbão Alves, R. 2009. Avaliação da composição físico-química de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru P.). Acta Agronómica. 58, 4 (oct. 2009), 245–250.

ACS

(1)
Rodrigues da Silva, L.; Elesbão Alves, R. Avaliação Da composição físico-química De Frutos De Mandacaru (Cereus Jamacaru P.). Acta Agron. 2009, 58, 245-250.

ABNT

RODRIGUES DA SILVA, L.; ELESBÃO ALVES, R. Avaliação da composição físico-química de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru P.). Acta Agronómica, [S. l.], v. 58, n. 4, p. 245–250, 2009. Disponível em: https://revistas.unal.edu.co/index.php/acta_agronomica/article/view/12452. Acesso em: 2 feb. 2023.

Chicago

Rodrigues da Silva, Leirson, y Ricardo Elesbão Alves. 2009. «Avaliação Da composição físico-química De Frutos De Mandacaru (Cereus Jamacaru P.)». Acta Agronómica 58 (4):245-50. https://revistas.unal.edu.co/index.php/acta_agronomica/article/view/12452.

Harvard

Rodrigues da Silva, L. y Elesbão Alves, R. (2009) «Avaliação da composição físico-química de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru P.)», Acta Agronómica, 58(4), pp. 245–250. Disponible en: https://revistas.unal.edu.co/index.php/acta_agronomica/article/view/12452 (Accedido: 2 febrero 2023).

IEEE

[1]
L. Rodrigues da Silva y R. Elesbão Alves, «Avaliação da composição físico-química de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru P.)», Acta Agron., vol. 58, n.º 4, pp. 245–250, oct. 2009.

MLA

Rodrigues da Silva, L., y R. Elesbão Alves. «Avaliação Da composição físico-química De Frutos De Mandacaru (Cereus Jamacaru P.)». Acta Agronómica, vol. 58, n.º 4, octubre de 2009, pp. 245-50, https://revistas.unal.edu.co/index.php/acta_agronomica/article/view/12452.

Turabian

Rodrigues da Silva, Leirson, y Ricardo Elesbão Alves. «Avaliação Da composição físico-química De Frutos De Mandacaru (Cereus Jamacaru P.)». Acta Agronómica 58, no. 4 (octubre 1, 2009): 245–250. Accedido febrero 2, 2023. https://revistas.unal.edu.co/index.php/acta_agronomica/article/view/12452.

Vancouver

1.
Rodrigues da Silva L, Elesbão Alves R. Avaliação da composição físico-química de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru P.). Acta Agron. [Internet]. 1 de octubre de 2009 [citado 2 de febrero de 2023];58(4):245-50. Disponible en: https://revistas.unal.edu.co/index.php/acta_agronomica/article/view/12452

Descargar cita

Visitas a la página del resumen del artículo

410

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.